Homem envia e-mail ao Portal SóAgitos e denuncia Hospital Regional de Senhor do Bonfim

36

Ocorreu um  falecimento de uma criança (Ellen Kailane, conhecida como CACAU) residente no Açúde do Sohen em Senhor do Bonfim. Ellen que fez agora dia 03 de Julho 4 anos de idade. Com problema de hérnia umbilical, o pai fez exames na mesma, marcou a cirurgia e esperou 3 meses para se realizar no Hospital Regional com o Dr Eduardo e sua equipe, até aí tudo bem!

No dia do procedimento, na semana passada, terça feira, 24/07, Cacau estava em jejum, e teve outras cirurgias de adultos em sua frente, a mãe enganava a criança que só pedia o peito, pois a Cacau se amamentava do leite da mãe exclusivamente.

Apresentava anemia, um detalhe. Mas… após a cirurgia começou a passar mal, vomitava muito, parecia normal a princípio, mas depois de muitas horas e anoite, o vômito verde era excessivo, daí teve convulsões, colocaram sonda na menina e ela não mais respondia, parecia estar em coma e toda amarelada.

Fora o mistério entre os profissionais do Hospital, que nenhuma informação do que estava acontecendo passava para os pais (Ivaneide e Roberto), que já aflitos queriam atitude de reanimar sua única filha, pois havia massada e a demora de socorro foi grande.

A assistente Social do Hospital Regional procurara vaga pra transferência para Petrolina, depois de horas e horas, teve reunião lá entre os que fizeram a cirurgia, e depois a demora foi pra chegar a SAMU (A Cacau apagada esperou a manhã toda nesse estado e só saiu 2h40min da tarde, e foi transferida no mesmo estado.

Na frente todos os familiares agoniados com a situação (Vó,tios,etc.), todo em tempo de invadirem pra tirarem Cacau de lá. Foi um sofrimento e muita agonia.

Após sua saida de Samu pra Petrolina, o pai foi atrás de moto, e os parente já em pânico. Ligamos para Ivaneide 8h da noite lá no hospital D. Malan em Petrolina, e ela nada de melhoras. Ivaneide (mãe de Cacau presenciou outras convulsões), e a menina faleceu as 4h30min da última quinta-feira, toda roxa.

O corpo chegou lá de Petrolina no Açúde do Sohen às 13h40min, no mesmo dia. Velado na última sexta-feira, 27/07, no povoado do Campo do Meio, às 7h30min da manhã do sábado.

A família leu o termo de óbito e não justificam a real causa do seu falecimento. Todos inconformados julgam que foi algum erro dos médicos do Hospital Regional de Senhor do Bonfim. Acabaram com a vida dela, ou foi a anestesia? Os pais já iriam fazer o batismo e aniversário dela no próximo mês de Agosto. Muito choro e lamento, consternados querem justificativa. São fracos financeiramente e acreditaram naquela casa de saúde. Pedimos a ajuda aos órgãos de impensa, nos ajudem a divulgar essa nota “Só Agitos”.

Ass.: Jonas Dantas (jonasfalomesmo@hotmail.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA