Cotidiano do sertão baiano é tema da primeira mostra digital de artista de Sr. do Bonfim

38


Teve início nesta quarta-feira (9) a mostra digital do projeto “Olhares Invisíveis do
Cotidiano no Sertão Baiano”, trazendo como conceito central figuras do cotidiano de
Senhor do Bonfim, demonstrando seus modos de vida e a relação histórica com o
município. A exposição traz as obras com forte expressividade poética dos artistas
bonfinenses Eli Castro, Nivaldo Oliveira e Juracy Lima.

Contemplado pelo Prêmio Funarte Descentrarte da Fundação Nacional das Artes –
Funarte, ligada ao Ministério do Turismo, o projeto realizaria inicialmente exposições
presenciais nos meses de maio e junho, mas que foram canceladas devido a pandemia
do Coronavírus. No formato de mostra digital, o primeiro evento do gênero em Senhor
do Bonfim, serão realizadas exibições das obras e “lives” com os artistas nos perfis do
projeto no Facebook e Instagram.

Para o produtor cultural Rodrigo Wanderley, idealizador do projeto, a mostra “Olhares
Invisíveis” tem como objetivo dar visibilidade à presença do outro nas suas práticas
diárias e nas relações que se estabelecem entre iguais e diferentes, enriquecendo e
expandindo as trocas de saberes e convivências; além de apresentar e aproximar à
população das obras dos artistas locais.

Serviço:

Mostra Digital: Olhares Invisíveis do Cotidiano no Sertão Baiano
Artistas: Eli Castro, Nivaldo Oliveira e Juracy Lima
Período: Setembro a Outubro de 2020
Plataformas: Facebook & Instagram
Projeto contemplado pelo Prêmio Funarte Descentrarte
Realização: Casa de Farinha Produções
Patrocínio: Funarte – Ministério do Turismo

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA