Sem shows na pandemia, Silvanno Salles abre bar em Salvador: ‘Estava sem expectativa de vida’

Conhecido na Bahia como 'rei do arrocha', Silvano está há mais de 1 ano longe dos palcos.

147

Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba

O cantor de arrocha Silvanno Salles contou que a pandemia o fez inaugurar um boteco no bairro do Cabula, em Salvador. O cantor disse em entrevista à TV Bahia que passou parte do período de isolamento com a família, mas sem shows, viagens e compromissos, ele se uniu ao irmão caçula e decidiu investir no negócio.

“Eu estava sem expectativa de vida. Acordava de manhã e minha programação era estar na casa da minha mãe. Almoçava com ela, passava a tarde com ela e às 18h voltava para casa. Música, só no rádio, no CD, nas plataformas digitais”, contou o artista.

Conhecido na Bahia como “rei do arrocha”, Silvano revelou que sempre teve vontade de empreender, mas faltava tempo e a escolha do ramo mais adequado.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA