Pamella Holanda divulga vídeo chorando e conta que DJ Ivis a deixou sem ter onde morar “de propósito”

133

Foto: arquivo pessoal/Instagram

A influenciadora digital Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, que denunciou as agressões que vinha sofrendo do músico, usou as redes sociais nesta sexta-feira (23/7), para relatar que que atualmente não tem lugar para morar e que está contando com ajuda de parentes.

Em um vídeo divulgado pelo Instagram, Pamella chora enquanto reflete o que tem vivido nos últimos dias. Ela contou que não em onde morar, chegando a mostrar uma foto com todos os seus pertences em sacos de lixo, e que está contando com ajuda de parentes. Segundo Pamella, o ex-marido a deixou até sem dinheiro.

“Fiquei sem casa, sem ter onde morar. Estou na casa de familiares meus até conseguir me restabelecer. Minha filha está sendo muito bem cuidada com ajuda da minha irmã, de uma tia minha, de primos. Está recebendo todo o amor do mundo. Eu só queria que isso não tivesse acontecendo com a minha filha. Que espécie de ser humano seria eu se ficasse feliz, se eu me sentisse vingada por tudo o que ele já fez comigo e com a Mel, também”, disse ela.

Segundo a jovem, DJ Ivis tentou contato com ela e chegou a pedir perdão por meio de carta enviada pelo advogado. “Eu sempre soube que algumas coisas que estão sendo veiculadas iam ser usadas contra mim. Era do meu conhecimento. Era uma das razões pelas quais eu tinha medo de me separar do Ivis. Na terça-feira eu recebi uma ligação de um dos advogados dele, um dos que tem mais proximidade dele. Me ligou para ler uma suposta carta que o Ivis tinha escrito para mim. Nessa carta ele tenta apelar para o emocional, fala o quanto tem sido difícil. Falou também um pouco da Mel, mas muito pouco. No final, me pediu perdão”, relatou a influencer.

“Eu já sabia que iam fazer isso. Ontem foram misteriosamente vazados áudios de brigas minhas com ele. Eu sempre soube desses áudios, porque ele sempre gravava as nossas brigas. Filmava, produzia. Produzia defesa para ele, porque sabia que estava errado, e que também ia ser descredibilizado. Contra fatos não há argumentos, contra imagens também não. Ele apagou as imagens da última casa em que moramos, mas meus advogados conseguiram recuperar. Tem ele me ameaçando com uma faca, algumas gravações e áudios de ele falando que vai mandar me matar. Que já estava há um ano se planejando para se separar de mim, que não tinha nada no nome dele, nem casa, nem carro e nem nada. Eu sempre soube que a defesa dele ia adotar essa estratégia”, desabafou.

A influencer foi exposta nas redes sociais recentemente. Em gravações que viralizaram nas redes sociais é possível ouvir Pamella ameaçando cometer suicídio junto com a filha dos dois, Mel. Emocionada, ela não negou a veracidade dos áudios, mas reforçou ver na divulgação deles uma estratégia da defesa de Iverson.

“Não tem como ser algo vazado, se são gravações feitas do aparelho de telefone pessoal dele, e que deve estar em poder de algum deles [advogados], ele não iria confiar o telefone dele a qualquer pessoa. […] Eles querem me descredibilizar, querem apelar para isso, apelar para a opinião pública, querem me pintar de louca, de desequilibrada. Eu sempre soube, por isso consigo vir aqui com tranquilidade. Não que eu esteja preparada, mas eu tinha noção do que poderia ser usado contra mim. ” explicou, enfatizando que era ameaçada pelo então companheiro com as gravações.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA